Alimentação correta, arma contra a gastrite

Cristiane Gil A. dos Santos

G astrite é um processo inflamatório da mucosa gástrica, ou seja, a inflamação da camada de células que reveste o estômago, protegendo-o da ação do suco gástrico. Pode ter vários agentes causadores, como a ingestão excessiva de medicamentos antiinflamatórios ou analgésicos; substâncias que podem irritar a mucosa gástrica, como álcool, nicotina (presente no cigarro), cafeína (constituinte do café, chá e refrigerante); condimentos fortes, picles; alimentos com grande concentração de agrotóxico; e infecção por bactérias, através de alimentos contaminados, além de situações de estresse, que aumentam a produção de ácido clorídrico.

Os sintomas mais comuns da gastrite são azia, náuseas, dor de estômago e, freqüentemente, vômitos, levando à baixa ingestão de alimentos.

A presença da bactéria Helicobacter pylori também é responsável pelas dores de estômago. Essa bactéria leva ao aumento da produção de ácidos, favorecendo a infecção no estômago. A transmissão de H. pylori ocorre através de contato direto, por água contaminada, saliva, copos, talheres, alimentos contaminados por via fecal-oral. De um modo geral, a gastrite tem cura. É importante lembrar que o tratamento médico é fundamental e a alimentação adequada, nos períodos de crise, pode ser uma boa aliada para reduzir o desconforto apresentado.

Devem ser evitados

• Frituras e alimentos gordurosos;
• Frutas ácidas, como laranja, limão, abacaxi, acerola, kiwi, caju, maracujá;
• Embutidos, como lingüiça, salsicha, salame;
• Café, chocolate, mate, chá preto;
• Refrigerantes, bebidas gasosas;
• Leite integral e queijos gordos;
• Bebidas alcoólicas;
• Alimentos enlatados e em conserva;
• Alimentos ricos em açúcar e gordura saturada;
• Temperos, como pimenta, vinagre, picles, molho inglês, mostarda, catchup;
• Presunto, mortadela, lombo defumado, queijo prato, mussarela;
• Doces como goiabada, marmelada, leite condensado;
• Sucos artificiais industrializados.

Algumas dicas, que podem ajudar no controle da gastrite:

• Procure comer devagar, mastigando bem os alimentos, sem ficar muitas horas com o estômago vazio.
• Obedeça os horários das refeições.
• Procure fazer uma refeição antes de dormir, com alimentos 'leves' (de fácil digestão).
• Evite fumar, pois o fumo dificulta a cicatrização da mucosa estomacal.

Alimentos permitidos

• Queijo de minas magro, ricota;
• Carnes magras (retirar a gordura aparente da carne);
• Ovos cozidos ou poché;
• Verduras e legumes cozidos;
• Frutas que não sejam ácidas, como mamão, banana cozida;
• Iogurte - contendo lactobacilos vivos, que vão ajudar a combater H. pylori;
• Arroz, macarrão, batata;
• Substituir o leite pelo iogurte.

Evite comer alimentos muito quentes ou gelados, para não ocorrer retardo ou aceleração do esvaziamento gástrico. Beba líquidos com freqüência, porém evite durante as principais refeições.

(A autora é nutricionista)

Página principal | Arquivo